Follow by Email

21 outubro, 2011

Carneirinhos ...

... tão lindos, e feitos com sobras de lã, papelão e pregadores.





Essa ideia veio daqui, tão fofo!

Ah! Vocês estão vendo o carneiro colorido hippie que tem aí no meio? Pois é, são sobras desse cachecol aqui ó.

Preparando o Natal

Como eu falei anteriormente já escolhemos a Cantata de Natal que as crianças irão apresentar. Agora estamos nos preparativos.

Estou costurando algumas fantasias para as crianças:

Saia para a Joaninha
Tecido escolhido para fazer coletes:


Asas dos pirilampos e das abelhas:

O tecido parece uma lycra, mas um dos lados é brilhoso 
Foi feito uma armação com arame e eu costurei o tecido em volta

E claro, para as lembrancinhas, o que posso adiantar é que irão muitos fuxicos, e eles serão feitos com feltro e que os feltros receberam bolinhas de tinta puff:


Ai, ai , vai ficar tudo tão lindo!


Smurfs

Quando eu era criança todos os dias assistia os Smurfs, amava. Agora com o filme no cinema resolvemos aproveitar a oportunidade e fazer o painel de aniversariantes de Setembro e Outubro com os Smurfs.
Claro que para isso se concretizar eu teria que contar com a criatividade e habilidade do Sandro Martins, que também trabalha na ONG. Ele desenhou cada um dos personagens numa sulfite e posteriormente fomos passando para o papel colorido, recortando e colando. Usamos basicamente cartolina e papel camurça, mas eu achei que o resultado ficou perfeito. Que tal?










Fiquei smurffeliz, e as smurfscrianças também!

Com jornal tudo fica bonito

Adoro trabalhar com jornal, mas esse ano foi corrido e difícil, mas não poderia faltar o bom e velho artesanato com canudos de jornal e retalhos de E.V.A. Ficou uma graça, né?



Primavera lembra flores

Mas já não sabia que flores poderíamos fazer, queria algo diferente, então fizemos flores de dobradura que já passei há alguns anos pra outra turma, mas agora fizemos com folhas de revistas usadas.



E, de diferente, achei lá no site Casa Montada umas flores bonitas e simples, então, mesmo com sulfite, passei pras crianças e ficou super legal.







ADOREI!!!!!

Encerrando o folclore...

... gostaria de deixar aqui registrado os desenhos com dobraduras feito pelas crianças após verem o filme Juro que vi - O Boto que eu falei aqui.










09 setembro, 2011

Você já coopera...

... mas não sabia!

05 setembro, 2011

125º aniversário de Tarsila do Amaral

Dia 01 de setembro é aniversário de Tarsila do Amaral e até o logotipo do Google foi alterado para homenagear a artista. Sendo assim, não vejo melhor hora para mostrar o projeto de reciclagem que fizemos no CCA com as crianças.
Reaproveitamos a caixa de papelão da TV e o Sandro Martins fez o risco do quadro da Tarsila e um recorte para que ele fosse pendurado como uma espécie de proteção da TV.
A caixa mede 2,30cm (largura) por 1,25cm (altura). O desenho mede 1,47cm (largura) por 1,19cm (altura).

Aqui o quadro original

Tarsila do Amaral - A Caipirinha - Óleo sobre tela - 1923 - 60×81 cm
Para fazer esse quadro utilizamos sobras de tintas guache e de tecido, muita fita crepe para separar as cores e facilitar para as crianças, coador de café usado para o contorno e spray dourado pra finalizar.



E então esse é o resultado. Ficamos muito felizes.




01 setembro, 2011

01 de setembro - Dia da Bailarina e do Bailarino também.

...a dança é a vida, o resto é apenas um passatempo. 




29 agosto, 2011

Folclore

Folclore é muito rico para trabalhar com as crianças. Esse ano fizemos brincadeiras, falamos sobre as comidas, os ditados populares e claro as lendas.
Para trabalhar as lendas sempre utilizo livros e material que as próprias crianças trazem, e finalizamos fazendo dobradura do personagem, como já mostrei aqui outras vezes. Mas esse ano, passei para as crianças uma série de desenhos que descobri por acaso assistindo a TV Cultura.
Juro que vi é uma série de desenho animado brasileira que explora os personagem do folclore brasileiro, tais como o Saci, a Iara e o Curupira. Os episódios são feitos com a participação de alunos da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro e recontam as lendas de maneira atual abordando temas como como direito dos animais, proteção ambiental e preconceito. 


As imagens são lindas, são curtas de mais ou menos 10 minutos, maravilhosos e as crianças adoram. Ótima forma de ilustrar as lendas folclóricas para a criançada.


Fica a dica.





24 agosto, 2011

Com barbante

Inspirada na idéia da Mari do Brincando de Casinha, resgatei alguns vidros esquecidos daqui de casa e as crianças trouxeram algumas latas de leite. 
Aí foi só passar o barbante. As crianças adoram fazer isso, mas fazem uma meleca de cola :)




Ah! Enfeitamos com laços, botões e fuxicos (que eles fizeram). Tudo utilizando restos/sobras de materiais.